Cuidados com o bebê, Ecologia

Cuidando da pele do bebê – parte 2

alergia

Oi, mamães queridas!!

Estamos aqui novamente para continuar falando da pele sensível dos bebês, conforme demos início na semana passada. A Beatriz, da Green is Great, que é nossa fiel colaboradora em assuntos ecológicos/sustentáveis, me enviou um texto que veio de encontro a um probleminha que estamos experimentando aqui em casa: dermatite de contato. Minha filha de 8 anos vem apresentando lesões na pele causadas por algum produto químico que uso ou na lavagem das roupas ou na limpeza do vaso sanitário. Uma alergia de contato. E é justamente sobre este assunto que a Bia nos fala hoje.

“Na semana passada postamos algumas dicas de cuidados com a pele do bebê. Hoje vamos dar mais algumas dicas, já que é uma preocupação de muitas mães.

Com relação ao sabonete e xampu, é bom olhar os componentes deles e optar sempre pelo mais natural possível. Ainda é difícil encontrar estes produtos orgânicos em Porto Alegre, mas existem e se puder procurar nos Estados Unidos, por exemplo, tem uma variedade enorme de opções para todos os produtos.

Na falta de um orgânico, sugiro os de glicerina e quanto menos cheiro, melhor.

Acho muito prático também os líquidos que servem tanto para o corpo, quanto para os cabelos, mas isso é pessoal.

Principalmente para aqueles bebês que tem alergia à proteína bovina, sugiro evitar qualquer sabonete ou creme à base de leite. Eu mesma que amamentei muito tempo, precisei trocar o meu sabonete e hidratante em função da alergia do meu bebê. Ou seja, se tinha alguma dúvida que os componentes dos produtos são absorvidos pela pele e passam pelo leite materno, depois disso, não restou dúvida alguma.

Os bebês são mesmo sensíveis e absorvem “tudo”.

Por isso também não convém enche-los de cremes (a menos que o pediatra recomende) nem perfumes – aliás tem cheirinho melhor que o do próprio bebê ?

 Além dos produtos que usamos diretamente no bebê (como para limpa-lo, dar banho ou prevenir assaduras), devemos cuidar também com as roupas, lençóis, brinquedos que estão em contato com o bebê.

Tudo deve ser lavado antes de ser usado. É bom deixar ao sol, em caso de tempo muito úmido e manter armários bem ventilados.

Para a lavagem também recomendo sabão líquido, a base de glicerina. Sabão em pó e até mesmo o sabão de côco podem causar alergias na pele. Por experiência própria posso dizer que as reações podem variar de simples bolinhas que coçam, até grandes vergões vermelhos. Não desejo para ninguém encontrar seu filho coberto dessas reações.

E por mais que dê vontade de ter a roupa bem fofinha, evite os amaciantes. Eles também podem dar alergia.

Além disso, os tecidos mais naturais, com menos tingimento, e melhor ainda, os orgânicos, são os seguros para os recém nascidos, já que são livres de compostos químicos.

Claro que alguns bebês aparentemente não tem alergia a nada disso, mas como já é comprovado que alguns compostos vão sendo acumulados e seus efeitos podem aparecer bem mais tarde, será que vale arriscar ?”

Então, gente? Viram como é importante cuidar os produtos que usamos e que entram em contato direto com o bebê? E não só com os bebês! Adultos e crianças também podem ter a pele sensível e desenvolver uma alergia sem nem perceber a causa. Ler o rótulo, verificar os ingredientes, pesquisar seus componentes pode dar um certo trabalho, mas evita problemas deste tipo.

Beijos e até semana que vem!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s